Opinião

A ideia de que exercer uma profissão liberal ao mesmo tempo que se é deputado é uma garantia de liberdade para o deputado, que lhe permite não ser um obediente funcionário, é estranha e sem fundamento.

A privatização crescente impõe-se, contrapor uma prioridade: a revisão da actual Lei de Bases da Saúde, aprovada em 1990, com os votos favoráveis do PSD e CDS.